Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on FacebookShare on Google+

Novos tempos, novos desafios

Evidentemente, quem não tem objetivos, não corre o risco de não os cumprir, mas também não alcançará o sucesso.

O nosso sucesso significa excelência para com o cliente. Só é possível alcançá-lo se nos anteciparmos às mudanças de contexto dos próximos anos, que afetam os resultados dos nossos clientes e a nós como empresa.

Por isso, não vamos ficar parados no tempo, por mais satisfatórios que sejam os números atuais. E os deste ano de 2016 foram sem dúvida satisfatórios: tivemos rendimentos globais de honorários de 33,8 milhões de euros, 12,5% mais do que no ano anterior, considerando as diferenças de câmbio.

Contudo, devemos estabelecer um objetivo e aplicar os meios para seguir a direção que estabelecemos, conscientes de que o nosso futuro é agora.

Por isso, durante este ano trabalhámos no Plano Estratégico para 2017-2019, que identifica os desafios que enfrentaremos como empresa durante os próximos anos, transformando-os em futuros programas de acção concretos.

E não gostamos de desafios pequenos: identificámos até 19 desafios e 27 linhas de atuação, onde a transformação digital, a expansão geográfica e a manutenção da liderança como consultores de comunicação e relações públicas marcam a linha da meta.

E se estas ações dão forma ao que está para vir, outras tornam possível que, no presente, exista um futuro de todos e para todos, como a criação, no mês de junho, da Fundação LLORENTE & CUENCA, para contribuir para a melhoria do nosso mundo com o conhecimento e experiência da empresa em comunicação.

Estamos orgulhosos de ter consolidado o compromisso social que a companhia tinha vindo a manter há anos nos mercados em que opera, dando, através da fundação, o melhor que tem: o seu saber e conhecimento do mundo da comunicação, e fomentando o voluntariado dos nossos colaboradores, de forma a ampliar o alcance das nossas ações e a converter o nosso compromisso numa aposta integral de toda a organização.

Além disso, em 2016 começámos a operar em Nova Iorque e em Havana. Desde a abertura da primeira operação na América Latina, em 1998, no Peru, a expansão do nosso negócio na América Latina foi uma das apostas-chave no crescimento da companhia, consolidado este ano com o início de operações em Cuba.

Uma expansão enriquecida com o acordo com a consultora de comunicação costa-riquenha CLC Comunicación, que se tornou nossa afiliada em exclusivo para a América Central. Os mercados latino-americanos são responsáveis por 65% da faturação global.

Seguindo estas linhas, damos as boas-vindas ao nosso novo sócio, Luis Miguel Peña, que desde 2002 desenvolve a sua carreira na empresa e que este ano assumiu, além disso, um novo desafio pessoal e profissional ao dirigir a operação do Peru.

Para dar resposta ao desenvolvimento geográfico e ao crescimento do número de profissionais da empresa, criámos a Direção Geral de Talento, Organização e Inovação, um novo órgão liderado pelo nosso sócio Adolfo Corujo, que até este momento era codiretor-geral de Espanha e Portugal.

No entanto, o lugar de honra estará sempre reservado para os nossos clientes, para os quais este ano continuamos a desenvolver novas ideias e soluções de negócio, como a área de especialidade Contexto Económico, dirigida pelo economista e ex-ministro Jordi Sevilla, de forma a ajudar os nossos clientes a entender melhor o que acontece no seu ambiente económico. Destacam-se igualmente os programas de Escuta Ativa Parlamentar e CIVES ou o desenvolvimento de webséries, entre outras soluções detalhadas noutros pontos deste relatório.

Ideias e soluções para os clientes que, integradas numa adequada e personalizada estratégia de comunicação, nos valeram o reconhecimento de instituições nacionais e internacionais. Fomos distinguidos em 2016 com 77 prémios, somando um total de 249 já recebidos.

E os nossos clientes são também os nossos melhores embaixadores digitais nas redes sociais, onde a nossa presença como companhia continua a crescer. Com efeito, tornamo-nos em 2016 a primeira consultora espanhola no LinkedIn em número de seguidores profissionais. Além disso, entrámos em força no Instagram. Enquanto isso, é nosso dever continuar a desenvolver os perfis profissionais digitais dos nossos funcionários, com iniciativas que se estão a consolidar, como é o caso da Twitter Week.

Por último, em 2016, o Desenvolvendo Ideias, o nosso Centro de Liderança através do Conhecimento, assinalou cinco anos de atividade, que o transformaram no ponto de referência para pensadores e figuras de influência de Espanha, Portugal e América Latina.

Encerramos um ano, 2016, no qual reforçámos a nossa liderança enquanto consultora de gestão de reputação, comunicação e assuntos públicos em Espanha, Portugal e na América Latina, e começámos a trabalhar para que a nossa fórmula de empreendedorismo, internacionalização e inovação continue a evoluir para dar resposta aos novos contextos, o segredo do nosso êxito amanhã.

Os sócios da LLORENTE & CUENCA

Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on FacebookShare on Google+